Carreira, Conceitos, Estudos, Programação

10 dicas práticas para organizar os estudos

Tempo de leitura: 9 min

Salve, programadores. Hoje, falaremos acerca de um tema extremamente interessante e importante para aqueles que desejam seguir na carreira de programação.

Para início de conversa, quando estudamos, seja para uma prova de uma faculdade, seja para concursos, seja para aprendermos um conteúdo novo, seja para praticarmos uma ação (como a programação). Tudo isso é feito com um proposito: estamos construindo o nosso projeto de vida.

E o período de preparação de estudos até que consigamos dominar com satisfação aquela área, que tanto desejamos como a programação ou conseguir uma aprovação em um cargo público, costumar exigir um tempo de médio a longo prazo.

A fim de que consigamos estudar com qualidade, é necessário organizar o nosso período de estudo que temos disponível e, ao fazer isso, conseguiremos ter mais disciplina para seguir com nossos objetivos e realizá-los, por exemplo, ser um excelente profissional.

Por isso é fundamental que consigamos aproveitar ao máximo a quantidade de horas disponíveis para estudo. Vale ressaltar que esse ativo conhecido como “tempo” é uma vantagem que muitos não têm. Por isso, não o descarte!

Aproveite-o já que, ao saber administrá-lo, fará com que você progrida em sua preparação, em especial, na programação.

Isto posto, ter um objetivo claro, ou seja, saber onde quer chegar é um grande passo. O foco contribui para isso e quando você decide seguir este caminho, por exemplo, ser um programador de destaque, saiba que você já está próximo de concretizar muitos dos seus objetivos. Tenha foco!

Compreendemos que uma das grandes dificuldades de quem busca se preparar por meio dos estudos é manter a constância neles, ou melhor, se manter compromissado a fazer uma tarefa, que neste caso é o estudo, todos os dias.

Mas existe, em alguns momentos, a procrastinação (quando você adia intencionalmente ações e acaba não as fazendo) que é frequente neste casos. Pois você acaba tirando uma prioridade da sua vida e a deixando em segundo plano diariamente.

A partir do que já conversamos, percebemos que é necessário ter uma rotina. Pois, quando criamos uma rotina, os comportamentos que desejamos ter, como disciplina nos estudos, vão fluir naturalmente. Isso não vai exigir muito de nossa parte, porque já estaremos “acostumados” a fazer.

Torna-se relevante tornamos uma prática (atividade física, programar, exemplo) como um hábito e começarmos a entender como uma ação corriqueira do nosso dia a dia. Não vale pensar como um “peso” ou algo obrigatória, indesejado.

Pensando assim, quando criamos uma rotina, ou seja, compromissos e ações que você faz ao acordar e até dormir vai contribuir para que o seu cérebro segui um padrão de comportamento todos os dias.

Falando nisso, existem estudos que falam que os primeiros 21 dias feitos para criar esta rotina são os mais difíceis, até que se acostume.

Vou dar um exemplo simples e corriqueiro do nosso dia a dia. Se você tiver o foco, por exemplo, de sempre, isso mesmo, todos os dias, após tomar seu lanche da manhã, ir a um lugar para estudar ou começar a praticar programação, com muita repetição essa ação virará um costume.

Sem nem se esforçar, automaticamente você perceberá que a prática para os estudos se tornará um hábito, pois você traçou essa trajetória para ser feita repetidamente, ou seja, tornou-a familiar e de fácil acesso.

Por isso, tenha disciplina, que é um comportamento metódico e específica para realizar uma ação, meta e isso o ajudará a conseguir cumprir as suas metas.

Pensando nisso, amigo(a) leitor(a), neste texto, será sugerido 10 dicas a fim de que você consiga organizar melhor o seu tempo disponível de estudo ou para realizar ações no seu dia a dia e cumprir seus compromissos.

1- Busque criar e manter uma rotina

Como sabemos o estudo exige que estabeleçamos metas que tem que ser cumpridas.

A meta seria um leitura ou sessão de estudo de cada conteúdo que preciso aprender para aprender a programar, por exemplo.

Para conseguir realizar estas metas, o planejamento é fundamental, por isso faço a sugestão de você fazer um clico de estudos, ou seja, você vai intercalar as matérias, disciplinas, conteúdos que precisam ser estudados durante a semana.

Para ser mais claro, você vai ficar alternando entre as matérias e não estudar apenas uma única matéria no dia. Saiba que isso irá ajudar o seu rendimento melhorar, se você cumprir as suas metas.

O ciclo de estudos ajuda você a distribuir a sua carga horária disponível de forma adequada com a sua realidade.

Tudo dependerá do seu tempo. Mas o ideia é que cada sessão de estudo deve durar em torno de 60 minutos, para que você estude, veja a teoria e os outras 10 minutos você faz uma atividade prática, que neste caso, sugiro programar ou se o seu caso for um concurso, faça questões.

2 – Tenha um planejamento

Para conquistar nossas metas, o planejamento é fundamental para se ter um melhor rendimento e aproveitamento de período de estudo. Ou seja quando se sabe o que precisa ser feito/estudado todos os dias e em cada dia da semana, ter esse entendimento da sua rotina ajudará a conseguir ter um melhor controle e economia de seu tempo, pois você já sabe o que precisa ser feito.

Uma ressalva, busca planejar de acordo com a sua realidade, ou seja, não faça um planejamento que você jamais possa cumprir, porque você poderá ficar chateado e desanimado por não conseguir cumprir.

Pensando assim, elabore um planejamento que tenha uma quantidade de horas que possam te colocar no ritmo que te mantenha ativo nos estudos para aprender o que você se propôs a fazer. Você terá uma boa base de conhecimento.

Sem exagerar para que você não fique exausto quando for executá-las

3 – Não demore para começar – “delete” a procrastinação

Se você tiver possibilidades, inicie os estudo bem cedo, pela manhã, isso poderá te ajudar a melhorar no seus rendimentos. Como falamos antes, delete a procrastinação da sua rotina, pois ela fará com que você se distancie das suas metas e estude pouco ou nada.

4 – Entenda quem te prejudica nos estudos (Netflix, redes socais)

Busque entender quem está te distanciando dos seus sonhos: acumulo de séries da Netflix, redes sociais no geral, WhatsApp e outros.

A tecnologia faz parte da vida das pessoas, principalmente nós que trabalhamos com programação, e isso pode acarretar em um desfoque, ou seja, ao usar redes sociais com excesso poderemos não conseguir nos concentrar em um ação simples, muito menos estudar, praticar programação.

É comum verificamos o conteúdo do celular para saber se entraram em contato. Mas para conseguir ter foco nos estudo é necessário alternar esse momento de lazer com o celular para o momento estudos em que precisamos nos concentrar de forma elevada.

Mas deixo claro que o uso de séries da Netflix, redes sociais no geral, WhatsApp e outros não é errado. Pelo contrário dá pra se estudar e praticar programação com constância e repetição e ainda assim aproveitar seu tempo livre com entretenimento.

Mas o uso exagerado, sem qualquer prioridade pré-estabelecida entre lazer e estudos para que se consiga manter em uma rotina. Ou seja, isso feito sem qualquer prioridade, fará com que você se distancie dos seus sonhos e foque apenas no que é mais prático que é assistir séries.

O uso exacerbado resultará na falta de concentração dos estudos no nosso dia a dia.

5 – Marque o seu tempo

Cronometrar o período que você estuda é uma prática válida. Porque conseguimos entender o que fizemos de errado quando construímos a distribuição da carga horária, dita nas dicas anteriores.

Isso nos ajuda a corrigir o nosso planejamento feito e adaptá-lo ainda mais a nossa realidade.

Pensando dessa forma, você percebeu que existem alguns conteúdos que precisam ter mais tempo distribuído no seu planejamento do que outras. Isso você só terá como saber ao planejar e fazer seu ciclo de estudos para facilitar a organização do seu cotidiano.

Leia também: https://luaverse.com/programacao-para-iniciantes-8-dicas-praticas/

Uma dica é usar a ferramenta de gestão de tempo chamada de “matriz de eisenhower”. Ela ajuda a escolher quais são as tarefas mais importantes de serem feitas naquele dia e com isso você otimiza tempo, ou seja, ganha mais produtividade no que está sendo feito.

Esta forma de se dividir as prioridades é feita assim:

  • Importante e urgente: faça neste exato momento, esta tarefa não pode ser adiada.
  • Importante, mas não urgente: Você pode realizá-las no decorrer do seu dia, ou seja, você vai fazer, mas pode ser pela manhã, tarde ou noite.
  • Urgente, mas não importante: está associada a afazeres relevantes do dia a dia como fazer uma ligação, olhar sua caixa de e-mails, participar de reuniões.
  • Não urgente, não importante: são afazeres que podem ser retirados da lista pelo seu grau de menos importância e não comprometerão o seu dia, ou que podem ser adiadas para depois sem qualquer prejuízo, ou até eliminadas.

Viu como é importante marcar o seu tempo de estudo. Entender que podemos dividir tarefas com prioridade diferentes para cada ação do dia a dia, pode amenizar muitas inconveniências e, ao fazer uma priorização, a sua rotina irá render mais. Ou melhor, consegue-se um ganho maior de tempo e de efetividade nas ações programadas para serem realizadas naquele dia.

Além disso podemos perceber o nosso progresso na quantidade de horas que foram gastas e isso nos ajudará a não perder o foco e quando vermos que o rendimento está diminuindo, faz-se a auto cobrança.

6 – Saiba administrar horas brutas x horas líquidas

Primeiro passo é entender o que é hora bruta – é o tempo total que você buscou fazer nos seus estudos naquele dia.

Hora líquida – é o tempo efetivamente que você estudou, ou melhor, sem contar as pausas e os intervalos, é o tempo que você realmente estudou.

Quando você soma as horas de estudos, você vai entender melhor o que você pensou em estudar (hora bruta) e o que realmente conseguiu estudar (hora líquida) naquele dia ou semana.

7 – Utilize rápidas pausas/intervalos

Estudar é fundamental, mas passar o dia estudando (para quem tem tempo para isso) não é uma boa ideia. O ideal é fazer pequenos intervalos entre uma matéria e outra de estudo ou enquanto estiver estudando aquela matéria específica.

Não é uma dica à toa, porque possui indicação científica que o cérebro humano acaba se desconcentrando aos poucos, ou como muitos chamam, entra na baixa curva de concentração que começa a ocorrer após 60 minutos de estudo.

Depois desse período de estudo, o seu aproveitamento naquela matéria, estudo cai bastante. Por isso adotar pausas acaba produzindo efeitos relevantes.

O período adequado vai depender do tempo que você estudará. Mas o tempo sugerido é de 10, 15 minutos a cada 60 minutos de estudo.

Por isso, quando você tiver estudando entre uma matéria ou programando, tire uma curta pausa 10 minutos. É recomendado concluir aquela ação que você se propôs a fazer, mas isso não impede de você dar um descanso para você mesmo durante aquele estudo. É uma dica que poderá alavancar os seus estudos, por isso adote-a. Ao fazer curtas pausas, você irá melhorar a sua concentração.

Para ajudar ainda mais, você pode utilizar o app “pomodoro” disponível para play store ou o próprio site https://pomofocus.io/ , que é um ótimo temporizador de estudo, ou seja, ajuda a você ter facilidade para ver as suas pausas e tempo estudado de forma simples.

8 – Aproveite o tempo “Livre”

Como assim tempo livre ? Simples, há momentos que você está em uma sala de espera, está praticando atividade física, no transporte público e outros.

Você pode recorrer a usar um áudio de uma fala de um professor explicando aquela conteúdo específico quando estiver indo ao seu emprego, fazendo os afazeres da casa, praticando esportes, esperando na fila e na espera de uma consulta.

Os áudios podem impulsionar, melhorar a sua produtividade ao ajudar a memorizar aquele conteúdo ou atividade.

9 – Bagunça e rotina não se “conectam”

Amigo(a) leitor(a), você percebeu quanto tempo você dedica no seu dia para procurar algo que está desorganizado ?

Uma dica objetiva para isso: busque dedicar alguns minutos do seu dia (não há como definir um tempo específico, pois só você sabe da sua realidade e tempo disponível) para organizar e-mails; respostas do Instagram, facebook, WhatsApp; arrumar a casa; fazer a sua alimentação.

Busque sempre organizar as suas prioridades e não deixa bagunçado o seu dia, pois os seus planejamentos precisam ser realizados e por isso você deve se programar e organizar a bagunça. É básico, mas faz uma relevante diferença no seu dia

10 – Comece pelo o que dá mais trabalho.

Primeiro observe em qual horário você rende mais, ou seja, possui mais disposição para por em prático o que planejou. Ao fazer isso, busque organizar os compromissos mais relevantes daquele dia no período que você é mais produtivo, porque você terá mais concentração para realizá-las.

As distrações podem fazer parte do dia a dia. Pensando nisso, o ideal é iniciar a execução dos seus compromissos que você se planejou para realizar as tarefas mais “exigentes” que exigem uma atenção e rendimento maior no seu dia.

Vamos refletir, se neste horário “tal” você está mais relaxado, descansado. Isso fará com que você ponha em prática as atividades planejadas com mais disposição e concentração, já que você começou num período adequado para o seu ritmo de estudo e com uma matéria “difícil” naquele momento.

Além do mais, quando você treina, por exemplo, a linguagem de programação que você possui mais dificuldade no período que você tem mais disposição, você terá gradativamente melhores rendimentos, já que você terá uma facilidade para se dedicar a um conteúdo que não é fácil no inicio do estudo.

Vale destacar que esse termo “difícil” é uma nomenclatura que é muito subjetiva, pois vejo que não existem matérias “difíceis”, mas sim matérias que temos mais facilidade e outras exigem mais.

Considerações finais

Espero que tenham gostado das dicas. São apenas sugestões que podem potencializar os seu dia a dia e nas suas tarefas diárias.

Ao seguir estas dicas, ao mesmo tempo, você estará deixando organizado o seu cotidiano de forma mais produtiva e com resultados eficazes. São simples, mas quando são realizadas todos os dias, não é um dia é feito e outro não, precisa de constância, de disciplina para que se tenha com isso, resultados relevantes.

Aproveito a oportunidade para convidá-lo(a)s para integrar a nossa comunidade; conhecer cada vez mais esse fascinante universo.

Mas, para isso, gostaria que você se inscrevesse na nossa newsletter que estará repleta de conteúdos como o que foi abordado. Contamos com a “presença” de vocês. Fiquem por dentro e nos acompanhem.

Referências

https://blog.grancursosonline.com.br/rotina-disciplina-e-organizacao-coloque-as-em-pratica-e-surpreenda-se/

https://www.napratica.org.br/matriz-dhttps://www.napratica.org.br/matriz-de-eisenhower-produtividade/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.